Dívidas estudantis de brasileiros crescem durante a pandemia, e agora?

Durante a pandemia provocada pelo Covid19 o número de brasileiros inadimplentes financeiramente cresceu consideravelmente e isso principalmente no grupo dos estudantes. Devido a necessidade do isolamento social muitas empresas fecharam as portas e muitas pessoas acabaram perdendo seus empregos que eram a única renda de sustento. em casos que não chegaram a demissão o salário foi cortado e ficou quase que impossível pagar todas as dívidas que surgiam todos os meses, sejam elas da casa ou do estudo.

Com isso muitos estudantes que fazem parte do programa FIES e que pagam todos os meses uma parte do financiamento ou que acabaram seus cursos durante o período ficaram impossibilitados de continuarem com o pagamento mesmo com todos os benefícios que o programa oferece para que não fique pesado para os alunos.

Para quem não conhece o FIES FIES é um programa do Governo Federal de financiamento estudantil que possibilita que os jovens se inscrevam em faculdades particulares com boa avaliação pelo MEC para cursarem assim o ensino superior. Para participar do FIES é necessário que os estudantes tenham feito a prova do Enem e assim se inscrevem no programa escolhendo seu curso e instituição pretendia. Através disso os alunos conseguem o financiamento onde só pagam após o fim da graduação e ainda podem conseguir juros zero.

Para quem deseja participar as inscrições são feitas exclusivamente pela internet através do site da seleção do FIES. Após as inscrições o estudante será procurado pelo MEC e deverá procurar a comissão CPSA da instituição de ensino escolhida para comprovar suas informações dadas na hora da inscrição. Nesse mesmo processo será necessário realizar a opção de seguradora em que irá contratar o seguro.

Com o documento de regularidade de Inscrição em mãos os estudantes devem procurar uma agência da Caixa econômica federal para que um agente confira toda a documentação e insira as informações no sistema e logo em seguida o contrato estará pronto para a assinatura.

Com o contrato em mãos os alunos precisam já estar informados a respeito de tudo sobre o programa, como por exemplo como funciona o portal do aluno FIES e para o próximo ano sobre o aditamento FIES 2022.

A situação enfrentada por todo mundo com a pandemia fragilizou bastante a economia e fez com que esses jovens saíssem bastante prejudicados em relação as dívidas estudantis, mas existe sempre a possibilidade de chegar em uma acordo e se planejar financeiramente para que tudo possa ser contornado e nenhum aluno saia prejudicado no seu aprendizado e no seu financeiro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *