Secretário da Economia comenta valor do novo Bolsa Família

Um novo valor para o Bolsa Família anda sendo bastante comentado e vem sendo dito como possível o pagamento logo após o pagamento das novas parcelas do auxílio emergencial. O benefício já ajuda milhões de pessoas e com esse aumento promete ajudar ainda mais, já que o custo de muitas coisas vem aumentando e o valor sem atualização diminuía o poder de compra dos beneficiários.

O que é o Bolsa família?

O Bolsa Família é um programa social intermediado pelo Ministério da Cidadania e tem a Caixa Econômica Federal como agente operador do programa. O Bolsa Família é um programa de transferência de renda direta que é direcionado a famílias que vivem em situação de vulnerabilidade e se enquadram nos casos de pobreza e extrema pobreza do país.

O benefício auxilia mais de 13,9 milhões de famílias espalhadas por todo território brasileiro e garante a elas o direito a alimentação, acesso à educação e saúde de qualidade. Os principais objetivos do programa são combater a fome que ainda é tão presente no país e proporcionar uma segurança alimentar e nutricional a todas as famílias que fazem parte do programa, combater a pobreza e outras formas de privação das famílias, ou ao menos diminuir, e promover acesso mais simplificado a serviços públicos que auxiliam a população mais necessitada.

Quem são os beneficiários?

As famílias que se inscreverem para participarem do programa devem cumprir alguns requisitos que são:

  • Ter renda mensal de R$89,00 ou até R$178,00 por pessoa.
  • As famílias com essa renda mensal devem ter em sua composição gestantes ou crianças com idade de 0 a 17 anos.
  • É necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Recebimento do benefício

Para que as famílias passem a receber o benefício é necessário passar pelas seguintes etapas que são:

Cadastramento

Ae encaixando em uma das faixas de renda ditas acima é necessário que as famílias procurem em seu município o setor responsável pelo Bolsa Família para realizar o cadastramento. No cadastramento é preciso apresentar documento de identificação para se inscrever no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal.

Seleção

Após o cadastramento as famílias passam para a etapa de seleção onde o Ministério da Cidadania com base nas informações concedidas no cadastramento irão realizar a seleção mensal.

Pagamento

Se as famílias passarem pelo cadastramento e seleção elas passam a contar com o auxílio do programa Bolsa Família na sua renda para que consigam contornar qualquer situação de vulnerabilidade que vivem e conseguem também graças aos benefícios o suporte do governo por meio de serviços públicos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *